Nossa história

A Praga Conexões desenvolve projetos na interface cultura e educação.

 

Criada em 2009, no Rio de Janeiro, pela socióloga Maria Pereira e um grupo de jovens universitários, todos ex-integrantes da Brazucah Produções, a organização nasce com a proposta de formar novos públicos para o cinema independente, garantindo maior penetração de valores e estéticas fora da grande mídia. 

 

Após a realização de campanhas para um conjunto de filmes, o Coletivo Praga focou em estudos sobre metodologias para formação crítica do espectador, desenvolvendo a Oficina Videointeratividade. Implementado em diversos programas e políticas públicas desde 2010 - destaque para o Cinema Para Todos -, as experiências do Videointeratividade levaram ao desenvolvimento de novas intervenções pedagógicas baseadas na arte e na cultura, consolidando nossa atuação no campo sociocultural.

 

A partir de 2014, novamente como fruto de análise das nossas práticas, adentramos a produção audiovisual com a proposta de contar histórias com potencial de provocar novos olhares sobre questões sociais submersas. Destaque para a série documental Retornados, inspirada nas vivências de produção da Mostra Nollywood